Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e Região
NOTÍCIAS
Vereador mogiano apresenta moção de apelo contra reestruturação do Banco do Brasil
08/02/2021
Iduigues Martins acatou a luta da categoria e a mobilização do Sindicato dos Bancários de Mogi e Região contra o fechamento de agências e demissão de 5 mil trabalhadores

 

Em solidariedade à luta dos bancários e às ações do Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e Região contra a reestruturação do Banco do Brasil, o vereador Iduigues Martins (PT) apresentou uma Moção de Apelo à direção da instituição financeira para que revogue a normativa que visa fechar mais de 360 agências e demitir 5 mil trabalhadores. Na base do Sindicato, está previsto o encerramento das atividades da unidade do BB do distrito de César de Souza, em Mogi.

 

Várias ações vêm sendo realizadas pelo Sindicato desde que foram anunciadas as medidas da reestruturação, no dia 11 de janeiro. Algumas paralisações foram realizadas nas agências do Banco do Brasil e outras ainda estão previstas.

 

De acordo com o vereador, vivemos uma crise sem precedentes na história contemporânea causada pelo aprofundamento da pandemia do coronavírus (Covid-19). Em consequência, várias famílias perderam a renda e o emprego, com exceção dos bancos, que continuam contabilizando lucros.

 

“A classe trabalhadora passa por um momento de muito sofrimento e essa medida será ainda mais prejudicial a todos. O País conta atualmente com mais de 14 milhões de desempregados e a reestruturação do banco só irá agravar essa situação”, destacou.

 

O presidente do Sindicato, Clayton Teixeira Pereira, disse que o momento é de unir esforços para proteger o emprego e a renda dos trabalhadores, a maioria pais de famílias, e também de defender a importância dos bancos públicos, que exercem papel fundamental no desenvolvimento humano e social do País:

 

“Além de gerar empregos, o Banco do Brasil é um banco público que tem um papel histórico no desenvolvimento econômico do país. É parte dos serviços públicos que prestam serviços essenciais à população, como o Sistema Único de Saúde (SUS) e o ensino público e gratuito do nível básico ao superior. A população será prejudicada de diversas formas com essa reestruturação. Uma delas é a redução dos caixas executivos, que vai afetar diretamente o serviço de atendimento ao público”, enfatizou.

 

PS: A foto é de 2019, numa outra ocasião em que o vereador apoiou a luta dos bancários

 

Rua Engenheiro Eugênio Motta, 102 - Jardim Santista - Mogi das Cruzes - SP Tel: (11) 4724-9117
Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e Região © Direitos Reservados
Acessar o painel administrativo